Com que frequência se deve trocar a escova de dentes? Veja!

Com que frequência se deve trocar a escova de dentes? Veja!

“A acumulação de bactérias, fungos e vírus pode tornar-se prejudicial para a saúde”, explica dentista

Todo mundo já ouviu falar que se deve trocar a escova de dente de tempos em tempos. Mas, qual a frequência necessária? De acordo com o dentista português Carlos Silva, em declarações à revista Women’s Health, não se deve passar mais de três meses com a mesma escova de dente.

“A acumulação de bactérias, fungos e vírus pode tornar-se prejudicial para a saúde”, explica o profissional.

Aliás, as bactérias podem proliferar na escova de dentes através da boca ou mesmo do ar.

O especialista diz ainda que a deformação das cerdas, assim como sinais de pigmentação que indiquem acumulação de fungos e bactérias são outro sinal que indicam que se deve adquirir uma nova escova de dentes.

“Mesmo fazendo uma escovagem com movimentos e tempo corretos, uma escova deformada origina uma higiene deficiente e consequentemente problemas de inflamações da gengivas e cáries, para além de outros problemas de saúde oral”, explica Carlos Silva.